Abuso/Assédio Sexual

  • A violência baseada no gênero é a opressão das mulheres ou homens relacionado com o seu sexo, incluindo violência física ou psicológica.
  • A violência doméstica é uma forma de violência que ocorre  no âmbito familiar e que Inclui diversas práticas: como a agressão, o abuso sexual contra menores, maus-tratos contra idosos, e violência contra a mulher ou homem.
  • A violência sexual inclui todo o acto sexual sem consentimento da parceira ou do parceiro.

É quando uma pessoa toca no corpo doutra pessoa com algum pensamento erótico ou sexual ou faz brincadeiras subtis.

 sendo as mulheres, usualmente as vítimas. A violência se origina a partir de relações de poder desiguais dentro das famílias, sociedades, comunidades e Estados.

A violência contra a mulher é o principal resultado das desigualdades baseadas em géneroriando consequências graves para o bem-estar e a autonomia das mulheres. Impede o desenvolvimento de uma sociedade harmoniosa, dificulta e anula o gozo dos direitos humanos e liberdades fundamentais.

Tipos de Violência

  • Violência física: uso da força que provoca dano físico;
  • Violência verbal: palavras ofensivas, recriminação e críticas com o objectivo ou o efeito de destruir a auto-estigma;
  • Violência psicológica: insultos, ameaças, humilhações e isolamento;
  • Violência sexual: toda a actividade dirigida a realização de actos sexuais contra a vontade da mulher;
  • Violência patrimonial ou económica: qualquer acção ou omissão que pode pôr em perigo a propriedade da família, proibição de trabalhar ou controlar o rendimento do trabalho de uma pessoa;
  • Violência sociocultural: uniões prematuras, trabalho forçado, prática de purificação da viúva, exposição sexual forçada.

Consequências da VBG

  • Danos físicos, psicológicos;
  • Contaminação por doenças de transmissão sexual (alta incidência de ITS’s e infecção de HIV/SIDA nas comunidades);
  • Influência negativa no rendimento na escola ou no local de trabalho e no desvolvimento da criança;
  • Estigmatização;
  • Redução de auto estima;
  • Conflitos e desintegração familiar;
  • Uso abusivo de álcool e droga;
  • Desordem social como a marginalidade, criminalidade e crianças da rua;
  • Constante estado destress e medo;
  • Agressão ou assassínio dos intervenientes (familiares, crianças, vizinhos);
  • Distúrbios comporta mentais nas crianças, como consequência de violência dos pais.

Prevenção da VBG na Escola

  • Prevenção: Para prevenir os casos de violência nas escolas é necessário muito diálogo com os alunos e professora/es, conduzir palestras sobre a violência;
  • Reforçar campanhas de sensibilização com mensagens objectivas as diversas faixas etárias;
  • Capacitar os gestores e professores no uso de pedagógicas sensível ao género;
  • Empoderar a rapariga na capacidade de decisão, comunicação e redução de riscos sobre o assédio e abuso sexual;
  • Capitalizar as reuniões de turmas para debates;
  • Potenciar os conselhos de escolas a sensibilizar as comunidades e as escolas.