Módulo 3 | Métodos de Ensino-Aprendizagem da Oralidade

Introdução | Métodos de Ensino-Aprendizagem da Oralidade

A oralidade representa uma das habilidades mais importantes para a aprendizagem, aperfeiçoamento e domínio de uma língua. Uma boa expressão oral é mais que um indicador para o domínio das restantes habilidades da língua, nomeadamente leitura e escrita. Ao terminar o presente módulo, você terá desenvolvido competências técnicas e estratégias didácticas para o ensino e desenvolvimento da oralidade em língua primeira, com referência paras as línguas moçambicanas.


Objectivos

No final deste módulo, você deverá:


Resultados de aprendizagem

Espera-se que, no final deste Módulo, você:


SUGESTÕES METODOLÓGICAS

Considerando o contexto sociolinguístico, histórico e cultural de Moçambique, o professor deve iniciar sempre o ano lectivo fazendo o levantamento das línguas faladas na sala de aula e promover a troca de vocabulário escolar entre os alunos, partindo do conhecimento que alguns já trazem do seio familiar/comunitário. Isso vai permitir que, nas aulas de L1, os alunos desenvolvam uma oralidade orientada para o desenvolvimento do vocabulário e para a familiarização com diferentes formas da língua, ao mesmo tempo que se integram no novo ambiente escolar.

Os alunos vão treinar a usar o vocabulário aprendido em diversas situações reais da vida quotidiana, nas suas línguas bantu/língua primeira, como: (Emakhuwa) Ehali apirisori “Bom dia, senhor professor”, na escola; Ehali maama “Boa tarde, mamãC, na família; e Ehali amuloli “Boa noite, senhora enfermeira”, na comunidade. Para tal, o professor deve recorrer a várias actividades lúdicas, usando a leitura de imagens, situações de comunicação, dramatização, leitura dramatizada, tradução, entre outras. Para dinamizar as aulas do oral, o professor pode utilizar materiais didácticos existentes e familiares aos alunos, tais como imagens, cartazes, objectos fabricados localmente pela comunidade, objectos que reflectem o ambiente sociocultural do aluno, etc. O material elaborado, tanto pelo professor como pelos alunos, deve ser colado nas paredes da sala de aulas por forma a criar-se “paredes falantes”.


Assista à Videoaula

Nota: O conteúdo deste vídeo contém o mesmo conteúdo do texto do Manual