Módulo 4 | Métodos de Ensino-Aprendizagem da Leitura e da Escrita

Introdução | Métodos de Ensino-Aprendizagem da Leitura e da Escrita

Tempos houve em que assinar o nome em documentos oficiais era sinónimo de saber escrever. Actualmente, saber escrever implica mobilizar competências necessárias ao exercício de uma cidadania plena, pelo que se exige do cidadão um saber escrever que ultrapasse as necessidades da comunicação, da expressão pessoal e da avaliação escolar. Ao terminar o presente módulo, você terá desenvolvido habilidades e competências necessárias para a sua formação nos domínios de leitura e escrita e para o seu futuro ofício, permitindo-lhe adoptar métodos e estratégias de ensino-aprendizagem que concorram para uma boa expressão na leitura e na escrita numa língua primeira (L1/Língua moçambicana).


Objectivos

No final deste módulo, você deverá:


Resultados de aprendizagem

Espera-se que, no final deste módulo, você:


SUGESTÕES METODOLÓGICAS

Tendo em conta que este módulo se centra no saber ensinar a ler e a escrever (leitura e escrita iniciais e de progresso/desenvolvimento), as metodologias propostas enquadram-se na abordagem comunicativa de ensino e aprendizagem de línguas e fazem do aluno o sujeito central da aprendizagem. O professor assume um papel importante como mediador dessas aprendizagens. Os métodos sugeridos são os seguintes: analítico, sintético ou global, mistos, especiais, experiência de língua, iniciadores de frases e/ou de textos e pistas narrativas ou narrativas moldura. O analítico sintético é o recomendado nos programas de ensino primário em Moçambique.

Geralmente, no ensino-aprendizagem da leitura e da escrita iniciais, recomenda-se que se inicie com o ensino das vogais e a seguir as consoantes. Contudo, para as línguas moçambicanas, adopta-se o princípio de produtividade, isto é, inicia-se pela vogal ou pela consoante mais produtiva de cada língua.

Para o ensino-aprendizagem da leitura e da escrita, sugere-se o uso de materiais concretizadores como: imagem; objectos reais; sopa de letras, sílabas e palavras; quadro de pregas; quadro silábico, entre outros materiais que o professor pode criar.


Assista à Videoaula

Nota: O conteúdo deste vídeo contém o mesmo conteúdo do texto do Manual