Módulo 4 | Métodos de Ensino-Aprendizagem da Leitura e da Escrita

Aula 3 | O Método Experiência de Língua

O Método Experiência de Língua

Um dos métodos mais ricos para o ensino de línguas é o de Experiência de Língua. Este método pode ser usado e/ou adaptado para o ensino da oralidade, leitura e escrita. Ademais, é específico para o ensino da L1, mas também pode ser utilizado numa L2 (como o Português) em níveis mais avançados, por exemplo, no 3º ciclo no contexto do Ensino Primário em Moçambique. O principal pressuposto deste método é explorar o conhecimento que os alunos possuem da sua língua materna, a razão de se denominar experiência de língua. Suas principais características são:


Procedimento didáctico:

A partir de uma experiência comum do professor e dos alunos, desenvolve-se um diálogo ou um debate. Por exemplo, o professor pode orientar um debate sobre um incêndio florestal, erosão, uma tempestade, um ciclone, a festa do 7 de Abril, a origem do Dia Internacional da Mulher, uma notícia do jornal, um texto ou uma situação de comunicação vivenciada pelos alunos. Ao longo do debate, vão surgindo ideias e vocabulário novo. De preferência, regista-se o novo vocabulário ou as novas ideias no quadro ou em um outro lugar (papel gigante, cartolina, papel A4, etc.). Dependendo do nível dos alunos, escreve-se, por exemplo, palavras-chave (para principiantes), uma frase ou conjunto de frases (para alunos num nível intermédio) e texto completo – histórias, relato, poema, resumo, relatório, textos expositivos explicativos ou argumentativos, etc. (para alunos num nível avançado).

Como deve ter observado, a planificação de aulas exige disponibilidade de materiais, sejam recolhidos ou produzidos. Na actividade que se segue, você irá exercitar algumas formas de produção de materiais.


Actividade 5
Técnica didáctica Interacção em grupos de línguas - Experiência de Língua.
Conteúdo Escrita de desenvolvimento.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Produz textos de natureza diversa a partir de uma situação de comunicação em línguas moçambicanas;
  • Aprimora a habilidade de escrita bilingue por meio da tradução de textos;
  • Aprofunda o senso de cidadania e participação democrática.

Vimos, até aqui, os métodos para o ensino-aprendizagem da leitura e da escrita iniciais, com particular incidência sobre o analítico, o sintético e o misto. Nos pontos que se seguem, você irá reflectir sobre as técnicas de ensino da escrita de desenvolvimento.


Assista à Videoaula

Nota: O conteúdo deste vídeo contém o mesmo conteúdo do texto do Manual