Módulo 6 | Estratégias Didáctico-Pedagógicas para a Transferência de Habilidades de Línguas (L1-L2)

Aula 3 | Zonas de Tensão e de Convergência na Leitura e na Escrita em L1 e L2

Zonas de tensão e de convergência na leitura e na escrita em L1 e L2

A leitura e a escrita são duas das habilidades mais requeridas como resultados de aprendizagem de uma dada língua. Todavia, as especificidades do sistema ortográfico e fonético dessa língua podem ditar menor ou maior dificuldade no desenvolvimento destas habilidades. Foi a pensar nisso que, no Capítulo II do Manual de Línguas Moçambicanas, se fez uma apresentação geral das particularidades da ortografia das línguas moçambicanas/L1, com o intuito de encontrar similaridades e/ou diferenças entre o seu alfabeto e o do Português/L2.

Os quadros seguintes, adaptados de Chambela et al. (2018) e Ngunga e Faquir (2011), trazem uma visão detalhada sobre as zonas de tensão e de convergência na leitura e na escrita entre três línguas bantu/L1, nomeadamente Changana, Sena e Macua e do Português/L2:

Grafemas de Português Grafemas de L1 com a mesma escrita em L2 Grafemas de L1 com a mesma escrita e o mesmo som em L2 Grafemas/ combinações de L1 com a mesma escrita, mas com diferente som em L2 Grafemas/ combinações de L1 totalmente diferentes dos de L2
a a a
b b b’, bv, bz,
c c c
d d d d’, dl, dz,
e e e
f f f
g g g g gq
h h h hl
i i i
j j j
k k k
l l l lh
m m m
n n n n’, nh n’q, ny,
o o o
p p p pf, ps,
q q q
r r r rh
s s s sv
t t t ts, tl,
u u u
v v v vh
w w w
x x x xj
y y y
z z z zv

Tabela 8. Quadro comparativo de grafemas da língua portuguesa/L2 e da língua changana/L1, adaptado de Chambela et al. (2018).

Grafemas de Português Grafemas de L1 com a mesma escrita em L2 Grafemas de L1 com a mesma escrita e o mesmo som em L2 Grafemas/ combinações de L1 com a mesma escrita, mas com diferente som em L2 Grafemas/ combinações de L1 totalmente diferentes dos de L2
a a a
b b b b’, bv, bz,
c c c
d d d d’, dl, dz,
e e e
f f f
g g g g gq
h h h hl
i i i
j j j
k k k
l l l lh
m m m
n n n n’, nh n’q, ny,
o o o
p p p pf, ps,
q q
r r r rh
s s s sv
t t t ts, tl,
u u u
v v v vh
w w w
x x x xj
y y y
z z z zv

Tabela 9. Quadro comparativo de grafemas da língua portuguesa/L2 e da língua sena/L1, adaptado de Ngunga e Faquir (2011).

Grafemas de Português Grafemas de L1 com a mesma escrita em L2 Grafemas de L1 com a mesma escrita e o mesmo som em L2 Grafemas/ combinações de L1 com a mesma escrita, mas com diferente som em L2 Grafemas/ combinações de L1 totalmente diferentes dos de L2
a a a
b b b bh, bv, bz
c c c ch
d d dh, dz
e e e
f f f
g g g
h h h
i i i
j j j
k k k
l l l
m m m
n n n ng’, ny,
o o o
p p p pf, ps
q
r r r
s s s
t t t ts
u u u
v v v
w w w
x x x
y y y
z z z zh

Tabela 10. Quadro comparativo de grafemas da língua portuguesa/L2 e da língua Macua/L1, adaptado de Ngunga e Faquir (2011).


Dos quadros acima, observa-se que há grafemas que são escritos e lidos da mesma maneira tanto nas três línguas moçambicanas/ L1 como em Português/L2. Estes grafemas pertencem à “zona de convergência”. Há, igualmente, grafemas que, embora escritos da mesma maneira, têm sons diferentes entre as três línguas bantu /L1 e português/L2. Estes grafemas pertencem à “zona de tensão”. Ademais, há grafemas e outras representações gráficas de sons que são exclusivas de cada uma das três línguas bantu/L1 ou de Português/L2, embora, desta última língua não estejam representados, como é o caso dos ditongos orais e nasais (ao, ão, …). Este fenómeno ocorre, não só nas línguas em análise, como também na relação entre o Português e nas restantes línguas bantu faladas em Moçambique.

Das leituras que fez, você aprendeu muita coisa sobre o uso de duas línguas no ensino, bem como sobre estratégias de transferência de habilidades da L1 para L2. Agora você está, certamente, em condições de planificar actividades ou aulas baseadas nessas estratégias. Na actividade que se segue, você irá planificar uma aula de mediação do ensino em duas línguas, antes de avançar para o estudo da avaliação de competência bilingue.


Actividade 5
Técnica didáctica Interacção em grupos de línguas.
Conteúdo Mediação de aulas de leitura e escrita inicial em Português/l2.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Planifica actividades e estratégias didácticas favoráveis à transferência de habilidades de leitura e escrita iniciais entre as línguas;
  • Medeia aulas de leitura e escrita iniciais no contexto de transferências de habilidades.

Assista à Videoaula

Nota: O conteúdo deste vídeo contém o mesmo conteúdo do texto do Manual