Módulo 6 | Estratégias Didáctico-Pedagógicas para a Transferência de Habilidades de Línguas (L1-L2)

Aula 4 | A Avaliação das Competências (Bilingues) no Uso de Duas Línguas em Sala de Aula

A avaliação das competências (bilingues) no uso de duas línguas em sala de aula

Um dos problemas de grande relevo no ensino de línguas tem sido a forma como é feita a avaliação. É muito recorrente utilizar-se apenas a leitura e a escrita como formas de avaliação da competência linguística dos alunos, sem se incluir a oralidade, sobretudo, nas primeiras classes do Ensino Primário na L2. No contexto de ensino bilingue, este problema acentua-se na medida em que avaliar a competência bilingue não é avaliar as línguas uma por uma. Em pesquisas sobre didáctica de línguas em contacto, principalmente sobre a avaliação da competência bilingue, há já propostas avançadas para aferir o nível de competência bilingue que um aluno atingiu.

A seguir são apresentadas algumas adaptações de estratégias a partir das bases teóricas da abordagem flexível de avaliação da competência multilingue, no contexto da visão heteroglóssica do reportório bilingue/multilingue:

Depois de aprender as estratégias de avaliação da competência bilingue, você já pode produzir materiais para o ensino em duas línguas; planificar e simular aulas e planificar actividades de avaliação, em duas línguas. A seguir, você irá planificar e simular aulas, bem como fazer a avaliação das mesmas.


Actividade 6
Técnica didáctica Interacção em grupo de línguas.
Conteúdo Planificação de actividades para a avaliação da competência bilingue.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Adequa as estratégias de avaliação da competência bilingue às circunstâncias e necessidades dos alunos;
  • Avalia a competência bilingue dos alunos através de actividades práticas.

Planificação e simulação de aulas em contextos bilingues (L1 ou L2)

Planificar e simular aulas em contextos de ensino em duas línguas constitui o fim último de tudo o que o Manual de Didáctica de Língua Primeira vem propondo desde o seu início. Em cada unidade deste Manual, há sugestões de actividades de planificação de aulas, ainda que de uma forma mais particularizada.

Nesta fase, as propostas são mesmo para a concepção e materialização de aulas que envolvam duas línguas. Assim, as actividades propostas nesta fase são mesmo para prática, com o foco virado para as situações reais de sala de aula em que a L1 é língua de ensino ou é meio auxiliar e quando a L2 é meio de ensino, ou ainda quando ambas são usadas em simultâneo, como, por exemplo, no método prever e rever.


Actividade 7
Técnica didáctica Interacção em grupo de línguas.
Conteúdo Planificação de aulas de oralidade, leitura e escrita em contextos de ensino bilingue.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Planifica aulas de oralidade, leitura e escrita tendo em conta as modalidades de utilização das línguas (L1 e L2);
  • Medeia aulas de oralidade, leitura e escrita centradas nas modalidades de utilização das línguas (L1 e L2).

Actividade 8
Técnica didáctica Interacção em grupo de línguas – Chuva de ideias.
Conteúdo Produção textual.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Planifica aulas de oralidade, leitura e escrita tendo em conta as modalidades de utilização das línguas (L1 e L2);
  • Medeia aulas de oralidade, leitura e escrita centradas nas modalidades de utilização das línguas (L1 e L2).

Actividade 9
Técnica didáctica Actividade aos pares.
Conteúdo Planificação e simulação de aula de escrita bilingue.
Habilidades a desenvolver no(a) formando(a):
  • Planifica aulas de escrita bilingue para alunos do Ensino Primário;
  • Simula aulas de escrita bilingue para alunos do Ensino Primário;
  • Aprimora a sua competência didáctica na planificação de actividades viradas para a produção de textos bilingues;
  • Melhora a sua habilidade de escrita em Português e em língua moçambicana

Assista à Videoaula

Nota: O conteúdo deste vídeo contém o mesmo conteúdo do texto do Manual