Módulo 3 | Textos de chamada de atenção

Aula 3.1Aviso

Oralidade

Uma breve conversa acerca da importância da Escola.

Em grupos de 5 elementos, discutam acerca das seguintes questões:

  1. Qual é a função social da escola?
  2. O que devemos fazer para manter as escolas limpas?

Depois da pequena conversa sobre a importância da escola, já conhece o valor desta instituição de ensino. Sendo assim, vai aprofundar o conhecimento sobre como manter a escola sempre limpa, lendo o texto “AVISO”.

Texto

Leia silenciosamente o texto abaixo:

Escola Primária de Mutxora

AVISO

Avisa-se todos (as) estudantes da 5ª classe turmas A, B, C e D, que no dia 18 de Novembro (sábado), devem apresentar-se na escola às 8 horas para uma jornada de limpeza, que iniciará no mastro, local onde se iça a bandeira, e culminará no portão principal.

Cuamba, 14 de Novembro de 2017

A Chefe de Higiene e Saúde Escolar

Marta Humberto Moniz

Compreensão do texto

Com o seu par, responda, por escrito, às perguntas sobre o aviso que acabou de ler:

  1. Qual é a entidade que emite o aviso?
  2. A quem se destina o aviso?
  3. Qual é o objectivo deste aviso?
  4. Em quantas partes está dividido o texto? Quais são?

Género textual

Ficha Informativa

O Aviso

O Aviso é enunciado escrito ou oral, por meio do qual as pessoas comuns dentro das suas comunidades, ou mesmo em empresas e em outras instituições (como escolas, centros de saúde, etc.) transmitem informações, orientações, notificações a funcionários, colaboradores ou a terceiros com quem partilham interesses.

Este texto apresenta as seguintes características:

Estrutura do Aviso

O aviso divide-se em três partes principais:

Partes principais de um aviso

Características

Exemplo de um aviso

Cabeçalho

Entidade que emite o aviso

Em caracteres destacados e em maiúsculas, no centro, o título do documento

Escola Primária de

Mutxora

AVISO

Corpo

Explicitação do conteúdo e/ ou objecto do Aviso, contendo informação sobre a entidade que emite o aviso, os sujeitos envolvidos no aviso, a data, a

hora, o local e outros elementos relevantes para evitar ambiguidade da informação.

Avisa-se todos os estudantes da 5a classe turmas A, B, C e D, que no dia 18 de Novembro (sábado), devem apresentar-

se na escola, pela manhã, às 8 horas, para uma jornada de limpeza que iniciará no mastro, onde se ensaia a bandeira e culminará no portão principal.

Fecho

Local e data da emissão do

Aviso

A entidade emissora

Cuamba, 14 de

Novembro de 2017

A Chefe de Higiene e

Saúde Escolar

Marta Humberto

Moniz

Produção Escrita

Com um colega, produza um aviso no qual digam onde se deve deitar o lixo das salas de aula.

Funcionamento da língua

Ficha informativa

Modo Indicativo dos verbos regulares e irregulares

O texto em estudo apresenta verbos no presente (avisa-se, devem, …) e no futuro do indicativo (iniciará, culminará…). A partir dessas formas verbais, veja os tempos simples e compostos do modo indicativo.

Modo

O modo verbal expressa gramaticalmente as atitudes e opiniões dos falantes, tais como: constatação, certeza, dúvida, suposição, permissão, obrigação, etc.c.

Modo indicativo.

O modo indicativo exprime uma acção, um estado ou um facto considerado como realidade. Este é o modo fundamental nas frases simples e nas complexas.

Tempos do modo indicativo: presente; pretérito perfeito simples; pretérito perfeito composto; pretérito imperfeito; pretérito-mais-que-perfeito composto; futuro imperfeito e futuro perfeito composto.

Os tempos no modo indicativo apresentam-se de forma simples e outros de forma composta. Os tempos na forma simples- são aqueles que apresentam uma única forma verbal.

Os tempos na forma composta apresentam duas formas verbais, sendo uma auxiliar (geralmente os verbos ter e haver conjugados de acordo com o modo, tempo, pessoa e número que se pretende adoptar) e outra forma principal (sempre no particípio passado, sempre invariável tanto em género como em número).

Presente

Este tempo utiliza-se para cinco fins:

1. Referir acções que ocorrem no momento do enunciação:

  1. Os alunos limpam o pátio da escola.
  2. Eu quero mais água na bacia…
  3. Pode dizer-me as horas do término da limpeza, por favor?

2. Enunciar acções permanentes ou assim consideradas (em definições científicas, provérbios, leis, textos normativos e diário.)

  1. Todos os alunos devem participar nas jornadas de limpeza escolar.
  2. Os produtos de limpeza são aqueles que ajudam a eliminar a sujidade.

3. Enunciar acções habituais ou características do sujeito;

  1. Os estudantes são pontuais.
  2. Normalmente entoamos o hino antes de iniciarmos as limpezas.

4. Enunciar o passado, para dar mais vivacidade ao narrado (o chamado presente histórico).

  1. Estamos no sábado dia 17 de Novembro de 2017. Os alunos chegam à escola, são oito horas. Toca o sino, concentram-se e iniciam a limpeza.

5. Apresentar um facto no futuro próximo.

  1. Amanhã vou sentar-me numa carteira limpa.
  2. Fazemos a limpeza no próximo sábado.
  3. Telefono-te amanhã para combinar o que trazer para a limpeza.

Pretérito perfeito

Indica acções ou eventos decorridos num momento determinado no passado.

  1. Todos fizemos um bom trabalho.
  2. Vim de autocarro, mas cheguei ligeiramente atrasado.
  3. O Cláudio nunca soube como iniciamos as limpezas, pois chega sempre tarde.

Pretérito imperfeito

Utiliza-se para vários fins:

1. Enunciar acções ocorridas no passado, mas inacabadas e transmite valores de continuidade e duração;

  1. Dividiam-se as equipas e a jornada de limpeza iniciava.
  2. Depois da jornada de limpeza marcavam presenças dos participantes.

2. Indicar acções simultâneas no passado;

  1. Esperava o término da limpeza, enquanto ouvia a conversa das estudantes.
  2. Enquanto a Ana limpava o chão, o Mário arrumava as carteiras.
  3. Era meio-dia quando a jornada de limpeza terminou.

3. Designar acções passadas, habituais ou repetidas;

  1. Quando ficava em casa, tratava das flores e cultivava a horta.
  2. Em todos os sábados, havia jornadas de limpeza.
  3. Depois das limpezas, a Filomena e o Constantino conversavam connosco e jogávamos à neca.

4. Expressar polidez, em pedidos.

  1. Queria o pano, se faz o favor.
  2. Trazia-me uma bacia com água, por favor?
  3. Dizia-me as horas?

5. Situar narrações em tempos indefinidos.

  1. Era uma vez uma escola que andava sempre limpa e…
  2. Antigamente, eles viviam longe da escola.

Futuro

1. Indica factos futuros que ainda não aconteceram.

  1. A escola estará limpa. b. Tu limparás as janelas.
  2. O Fito, a Rosa, o Lírio e o Vasco farão a limpeza da nossa sala.

2. Expressa incertezas acerca de factos actuais;

  1. Será que temos de limpar as salas mais logo?
  2. Estão a tocar o sino. O que será?
  3. A Olímpia não veio à jornada. Estará doente?

3. Manifesta súplica ou pedido;

  1. Poderás limpar agora essa janela?
  2. Conseguirás fazer o bolo para mim?
  3. Ficarão a varrer o pátio da escola?

4. Em enunciados condicionados, expressa factos de realização provável.

  1. Basta pedires o pano com delicadeza, dar-te-ei.
  2. Se limpares com um pano húmido, verás que brilhará.
  3. Poderás limpar agora comigo?

Pretérito perfeito composto

Usa-se para falar de acções que começam no passado e se prolongam até ao momento presente.

  1. Este ano tenho participado sempre nas limpezas!
  2. Desde que ela recebeu uma chamada de atenção, não tem faltado às limpezas escolares.
  3. Nós temos feito limpeza na escola, aos sábados.

Pretérito mais-que-perfeito composto

Usa-se para falar de acções passadas que aconteceram antes de outras, também passadas:

  1. Quando cheguei à escola, a limpeza tinha terminado.
  2. Ontem telefonei-te, mas tu já tinhas saído para a jornada de limpeza.
  3. A professora tinha marcado as presenças quando o Florentino chegou.

Saiba Mais

Aprofunde seus conhecimentos

Exercícios

1. Escreva as frases com os verbos sublinhados no pretérito perfeito do indicativo.

  1. Eles/trazer/materiais de limpeza para a escola.
  2. Ele/ não vir/ à limpeza e não /saber o que aconteceu.

2. Tomando em consideração o assunto do texto em estudo, complete as frases com os verbos no pretérito perfeito composto.

  1. Tu (fazer) limpeza na tua escola?
  2. Não. Eu (ter) muitas faltas ultimamente, porque (andar) doente.
  3. É verdade. Ele não (ir) à escola. Por isso que tu (notar) a sua ausência nas concentrações!

3. Complete as frases com o futuro dos verbos destacados em cada frase.

  1. Não falto às jornadas e nunca .
  2. Sou muito assídua e sempre .
  3. Não gosto que me chamem atenção pelo mesmo assunto e nunca______.
  4. Não brinco mal na escola e jamais .

4. Complete com os verbos no pretérito mais-que-perfeito composto ou no pretérito perfeito simples.

  1. Quando o Francisco ______ (chegar) à escola, a limpeza já ______ (terminar) e a marcação de presenças já ________ (começar). Por isso eu_________ (levantar) para falar-lhe sobre a pertinência da assiduidade e da pontualidade.

5. Complete com os verbos no presente do indicativo.

  1. Os alunos das turmas A, B, C e D, (estar) numa jornada de limpeza escolar que (ter) em vista manter a escola limpa e sã. Por isso, todos os professores e alunos da escola (estar) envolvidos neste trabalho. Esta tarefa (caber) a todos e (ser) uma aprendizagem importantíssima que ______ (acabar) com o mito de que a limpeza (ser) tarefa só para mulheres.

6. Elabore duas frases com o Pretérito Perfeito Composto e duas com o Futuro do Indicativo, tomando como base o tema da jornada de limpeza escolar.

Vocabulário

Exercício

  1. As palavras que estão na coluna A foram extraídas do aviso em estudo. Ligue a coluna A com a B para obter palavras sinónimas.

    A

    B

    estudantes

    limpeza

    completo

    imperioso

    higiene

    concluído

    obrigatório

    alunos

  2. Use cada uma das palavras da coluna B em frases.
  3. Mencione 4 palavras da mesma família de imperioso.
  4. Construa duas frases, usando o adjectivo e o verbo da família que criou.

Ortografia

Ficha Informativa

Representação escrita de vogais nasais

As vogais nasais podem ser representadas na escrita de duas maneiras:

  1. Através do til (~) sobreposto às vogais a, o:

    Ex: irmã, maçã, põe, mão, peões, campeão, balão…

  2. Através das consoantes m e n a seguir qualquer das vogais:

    Ex: lembrança, Novembro, limpeza, Humberto, Cuamba, lindo, panda, estudantes, principal, pontualidade, bandeira…

    • Usa-se m antes de b e p:

      Ex: limpeza, completa, importância, emprego, romper, Limpopo, Novembro, Cuamba, Humberto, sombra, emblema, embrulho, …

    • Usa-se n antes de todas as outras consoantes:

      Ex: principal, bandeira, enfermeira, engano, honra, convite, …

Saiba Mais

Aprofunde seus conhecimentos

Exercício

  1. Acrescente o til (~) e para corrigir as palavras abaixo, se necessário.

    a. esfregao

    b. botoes

    c. camarao

    d. mesa

    e. mae

    f. estudantes

    g. coroa

    h. peao

    i. talao

    j. campeonato

    k. salao

    l. vastidao

    m. leoa

    n. varao

    o. activaçao

    p. patroa

    q. conterrâneo

    r. personificaçao

    s. feijao

    t. cadeirao

    u. chao

    v. ferroar

    w. leitao

    x. portao

    y. oleado

  2. Complete as palavras com m ou n para tornar as vogais nasais :

    a.

    vi douro

    g.

    u tar

    m.

    po te

    b.

    tro pa

    h.

    a_bulâ_cia

    n.

    co to

    c.

    roma ce

    i.

    me sal

    o.

    co forto

    d.

    Cua ba

    j.

    po ba

    p.

    e pregado

    e.

    co pleto

    k.

    machi bo bo

    q.

    e brulho

    f.

    esta par

    l.

    arro bar

    r.

    cu prime to

  3. Ditado: o seu formador vai ditar um texto para testar a representação escrita de vogais nasais .

Produção Escrita

Considerando-se director/a da turma, produza um aviso para a turma. Use o presente e o futuro do indicativo, seguindo a estrutura do aviso, com uma linguagem clara e objectiva. Releia o seu aviso antes de o entregar.

Resumo

Assista à Videoaula